Inicialmente proposta em março do ano passado, a Área de Proteção Ambiental Recifes Serrambi (PE) acaba  de ser oficializada. O Decreto Estadual nº 46.052/2018, publicado nesta quinta-feira (24/05) no Diário Oficial de Pernambuco, estabelece a área protegida de 84 mil hectares cujos limites são, ao norte, o estuário do rio Maracaípe, em Ipojuca e, ao sul, Tamandaré, inserida na Área de Proteção Ambiental da Costa dos Corais (PE). A ára de proteção ambiental é a 1ª unidade de conservação exclusivamente marinha do Estado.

“As vésperas do mês do meio ambiente e na semana em que se comemora o Dia da Biodiversidade, 22 de maio, e da Mata Atlântica, 27 de maio, é com muita animação que comemoramos a criação da primeira APA exclusivamente marinha, um marco na história da conservação da biodiversidade marinha de Pernambuco “, afirmou Carlos André Cavalcanti, Secretário de Meio Ambiente e Sustentabilidade.

A iniciativa visa a proteção dos ambientes marinhos e costeiros, a conservação da biodiversidade e da beleza cênica, a promoção do uso sustentável dos recursos naturais da região, além do ordenamento de atividades como o turismo, o lazer e a pesca artesanal.

Não foi só o uso desordenado da área que levou à escolha do espaço. O limite sul da unidade faz conexão com a parte da praia de Tamandaré. Por estar inserida na Área de Proteção Ambiental da Costa dos Corais (PE), essa ligação entre as unidades protegidas forma um corredor ecológico, garantindo os estoques de peixes e a resiliência ecológica. “Os estudos foram bem estratégicos para apontarmos o local certo”, afirma o secretário.

Fonte: Wikiparques