O parlamento irlandês aprovou  no inicio de fevereiro de 2017 uma lei para acabar com o investimento público em combustíveis fósseis.

A legislação fará com que o carvão mineral, óleo e gás natural sejam banidos do Fundo de Investimentos Estratégicos da Irlanda, que conta com 8.6 bilhões de dólares, nos próximos cinco anos.

O decreto ainda precisa passar por revisão e, se aprovado, transformará o país no primeiro do mundo a deixar de investir nessas fontes de energia não-renováveis.